Importação e exportação

Posição Própria



A Labor Câmbio é autorizada pelo Banco Central do Brasil desde o ano 2002 para realizar operações próprias de U$100.000,00 por operação, atuando no setor bancário de câmbio.

A Labor Câmbio presta excelentes serviços aos seus clientes, contratando operações de câmbio de exportação, importação e remessas internacionais para pessoa física e jurídica, com menos burocracia, preços extremamente competitivos, agilidade e atendimento individualizado.

  • DISPONIBILIDADE NO EXTERIOR
  • MANUTENÇÃO DE RESIDENTE NO EXTERIOR
  • CURSO NO EXTERIOR
  • PAGAMENTO DE SERVIÇOS TURÍSTICOS
  • COMPRA DE IMÓVEIS NO EXTERIOR

Intermediação



Para operações acima de U$100.000,00, intermediamos com os maiores bancos nacionais e internacionais, oferecendo excelente atendimento e suporte operacional aos clientes , obtendo excelentes ganhos financeiros para o seu negócio através de todo o nosso Know How de atuação no mercado financeiro.


Atuamos em diversos setores da indústria – petroquímico, óleo, gás, automobilístico, aviação, telecomunicação, hospitalar – e serviços, em um ambiente de total transparência , confiança e eficácia dos processos entre a Corretora, Banco, Banco Central e o cliente.




Sistema Integrado de Comércio Exterior de Serviços Intangíveis e outras Operações



Sistema Integrado de Comércio Exterior de Serviços, Intangíveis, e Outras Operações que Produzam Variação no Patrimônio, desenvolvido pelo Governo Federal em parceria conjunta entre RFB e MIDIC.

Trata-se de sistema informatizado com intuito ao aprimoramento das políticas públicas no que se refere a serviços e intangíveis comercializados entre residentes e não residentes.

Desde agosto de 2012 o registro é declaratório, estando obrigados a declarar qualquer residente, seja pessoa física ou jurídica, que adquira ou comercialize serviços, intangíveis ou outras operações que produzam variação no patrimônio do residente e que se enquadrem na Lei nº 12.546/2011.

LEGISLAÇÃO


Lei nº 12.546 de 14/dez/2011, art. 24 a 27. Manuais de Registro de Venda de Serviço e Registro de Aquisição de Serviço(atualmente 5ª edição). Instituída a utilização da NBS (nomenclatura Brasileira de Serviços) pelo decreto presidencial de nº 7.708 02/abr/2012.

CRONOGRAMA DE INÍCIO DE OBRIGATORIEDADE E ENTREGA DE INFORMAÇÕES

Conforme IN SRF 1.277/12 e Portaria 113/12, o cronograma para os registros estabelece a cada 2 meses, a contar de ago/2012,inicio de novas obrigatoriedade de acordo com os capítulos da NBS, os quais desde out/2013 estão em vigor.

PRAZOS

Os registros deverão ocorrer até último dia útil do mês subsequente a data de início da prestação do serviço, da comercialização de intangível ou da realização da operação que produza variação no patrimônio das pessoas físicas, das pessoas jurídicas ou dos entes despersonalizados.
OBS: Até 31/dez/2014, o prazo para os registros esta prorrogado para o último dia útil do 3° mês subsequente.