Dólar tem forte queda e chega a R$ 3,20 com condenação de Lula

moeda_canadense_brilha_no_Escuro_2017
Primeira moeda que brilha no escuro do mundo entra em circulação no Canadá
June 21, 2017
Notas de reais e dólares norte-americanos numa casa de câmbio no Rio de Janeiro. 10/09/2015 REUTERS/Ricardo Moraes
Dólar passa a cair ante real com expectativa de vitória de Temer na Câmara dos Deputados
August 2, 2017

Dólar tem forte queda e chega a R$ 3,20 com condenação de Lula

Foto ilustrativa mostra notas de dólar dos Estados Unidos ao lado de notas de real. 10/09/2015 REUTERS/Ricardo Moraes

Moeda já operava em baixa por otimismo com aprovação da reforma trabalhista e renovou mínimas.

O dólar renovou mínimas e chegou a ser negociado a R$ 3,20 com a condenação do ex-presidente Luis Inácio Lula da Silva a 9 anos e seis meses de prisão. Por volta das 14h50, a moeda operava em queda de 1,44%, a R$ 3,2065.

A moeda já havia aberto em baixa, reagindo ao otimismo de investidores com a aprovação da reforma trabalhista no Senado na véspera.

Na mesma faixa horária, a Bolsa reagia em alta de 1,38%, a 64.714,46 pontos. A Petrobrás, que já vinha em alta, operava em alta de 4,38% na PN, a R$ 12,87, e avançava 3,67% na ON, a R$ 13,55.

As taxas de juros no mercado futuro também acentuaram a queda. Depois da condenação de Lula, o risco país medido pelo Credit Default Swap (CDS) de cinco anos do Brasil caiu 2,60%.

O juiz Sérgio Moro proferiu a sentença com base nas investigações sobre a posse do triplex no Guarujá e afirmou que o ex-presidente recebeu R$ 3,7 milhões em propina da construtora OAS. A condenação é a primeira de Lula na Operação Lava Jato. Moro, porém, não decretou a prisão do ex-presidente.

Um diretor de uma instituição financeira que preferiu não se identificar afirmou que a reação positiva na Bolsa e nos mercados em geral está diretamente ligada ao aumento da possibilidade de Lula ficar impedido de concorrer nas eleições presidenciais de 2018. “A notícia é positiva, principalmente para os investidores estrangeiros”, disse o profissional. /COM KARLA SPOTORNO, DO BROADCAST

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *